Relacionamentos
Você já perdoou alguém de verdade? Vale a pena?

Você já perdoou alguém de verdade? Vale a pena?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

“Ela era minha melhor amiga, sabia que eu estava me apaixonando por ele… até hoje não acredito que ficaram juntos esfregando a felicidade deles na minha cara como se eu não existisse… de uma coisa tenho certeza: eu nunca vou perdoar esta traição”!

É assim que uma de nossas leitoras desabafa sobre a traição da amiga. A situação relatada acima já aconteceu há quase três anos e “ainda dói”, diz colocando a mão sobre o peito.

As mágoas são mesmo assim, machucam tão profundamente que as simples lembranças trazem de novo a dor do momento. Mas será que vale a pena ficar remoendo este sentimento tão negativo? Entenda como o perdão pode mudar a sua vida.

Perdoou?

A palavra “perdão” vem do latim perdonare que significa a ação de perdoar, ou seja, aceitar ou pedir desculpas; se redimir em relação a algo de errado. A expressão “pedir perdão” é usada quando alguém reconhece o seu erro e pede desculpas para a pessoa com quem foi injusto.

Perdoar significa eliminar todos os ressentimentos, raiva ou rancor que tem por alguém ou por você mesma. O perdão engrandece o espírito e afasta as doenças.

Isso mesmo, “perdoar a si mesma”.  Muitas pessoas acham até fácil perdoar alguém, mas se perdoar é outra história. Ao se lembrar de algum erro do passado os sentimentos de culpa e arrependimento são constantes e trazem à tona insegurança, vergonha e medo.

Se perdoar é sem dúvida um dos maiores desafios, pois está relacionado à capacidade de se aceitar. Se culpar muito por algo que tenha feito, faz com que viva tentando mostrar o quanto é boa ou importante, como se quisesse provar para si mesma que é merecedora de suas conquistas.

eu perdoo

Acontece que você como qualquer pessoa é sim merecedora de sua felicidade, independente do que tenha feito é preciso se perdoar. Aceitar que todos têm defeitos e cometem erros. Deve olhar para esta falha como um acontecido que lhe trouxe aprendizado, mas que não tornará a se repetir e pronto. Se conseguir fazer isso, parabéns: você se perdoou!

Se você se perdoou de verdade, vai perceber que já consegue narrar os fatos com clareza, apontando onde errou. Veja que você não esqueceu o que houve, nem a sua falha, mas o ressentimento foi embora.

Outras vezes nos culpamos por coisas que aconteceram sem que tenhamos culpa alguma. São as fatalidades. Se conseguir perceber que o que aconteceu independe de você, ou que não tinha nada que pudesse fazer para mudar a situação, é hora de se livrar deste peso. Lembre-se, se não houve culpa, então não precisa de perdão.

Como perdoar uma traição?

Antes de pensar em como perdoar a traição, deve pensar o que é traição para você. Será o desrespeito pelos seus sentimentos, pelo seu espaço, por sua vontade… Será?

Claro que o fato de conhecer e entender o sentimento de alguém nos faz perceber os limites de nossas ações. Por exemplo, se sabemos que alguém tem medo de água, jamais a empurraremos ou deixaremos alguém jogá-la na piscina certo? Seria trair a confiança da pessoa que se apoiou em nós para desabafar, se abrir e porque não proteger.

Mas no caso da paixão será que é correto mantermos a mesma interpretação?

Entendemos o sentimento que envolve uma situação como esta, mas passando o estágio da raiva, é necessário olhar para o outro, ou outros, de forma menos egoísta, entendendo que todos têm os mesmos direitos e como falamos acima, certas coisas acontecem.

Lembre-se que ninguém é perfeito e que poderia ter acontecido com você também. Deixe-os livres da culpa de ter te ferido e se livre também desta angústia. Liberte seu coração para alçar novos voos; viver outras histórias e vá atrás da sua felicidade ao invés de ficar aí perseguindo a felicidade dos outros.

Como perdoar uma traição

Mas veja, perdoar é se lembrar dos fatos sem mágoa ou raiva. É falar sobre o assunto sem culpar ninguém. Você nem precisa mais ser super amiga dela como antes, mas pode livrá-la da culpa (no caso da história que contamos logo no início).

Seja como ou com quem, a traição dói. Mas uma traição entre amigos ou familiares é sem dúvida mais fácil de lidar. Em alguns casos, basta uma boa conversa onde os pontos de vista são postos em pratos limpos e deixar que o tempo faça o resto do trabalho.

Se decidir não continuar por perto, basta se manter a distância.

Traição do marido

Infelizmente as maiores queixas entre as mulheres são as traições dos companheiros. É mais difícil porque não dá para perdoar e continuar esposa, sem que as coisas sejam esclarecidas. No caso, filho e pai, por exemplo, independente do perdão continuará sendo pais e filhos.

E nesta hora vem à pergunta que não quer calar: Vale a pena perdoar? Será que eu o perdoo?

Levando em consideração o significado da palavra perdão, a resposta é sim, você deve perdoar e sim vale muito a pena. Lembre-se, perdoar é se livrar do peso da mágoa, raiva e outros sentimentos ruins que tendem a atormentar (literalmente) às mentes.

Ao perdoar a traição você está demonstrando entender a imperfeição e a falha do outro e que não guardará mágoas em relação ao que aconteceu. Talvez até fale do assunto, mas ele não causará dor.

Parece difícil? E é! Ao se sentir traída, a mente passa por alguns estágios que vão da negação, raiva, aceitação e só depois o perdão.

O mais legal é que só depois do perdão é que você deveria decidir se deve ou não continuar este relacionamento. Algumas pessoas, por acreditarem amar o outro demais, seguem no relacionamento sem antes terem finalizado todo o processo mental e aí que recorrem ao erro já que sem o perdão, a relação vira um verdadeiro inferno em que a desconfiança e a baixa autoestima toma conta.

Sem confiança esta relação tende a ruir e mesmo que decidam ficar juntos, o relacionamento será apenas de aparências.

Vale a pena perdoar

Outra leitora nos contou que acreditando que o marido a tinha traído, quis retribuir na mesma moeda. O fato só trouxe mais dor e ela resolveu contar o que houve. No caso dele, alegou ter sido um “deslize”, mas depois da traição da esposa a confiança que antes existia desceu pelo ralo. A mulher que era do tipo “poderosa”, se pegou em situações de humilhações para trazer o amado de volta, que de tanta insistência, resolveu dar uma chance para a relação.

Mas antes de voltarem, colocaram os pingos nos “is”, descascaram todos os abacaxis e avaliando prós e contras seguiram juntos e ficaram assim por mais alguns meses até que perceberam que o casamento não valia mais a pena. Neste momento, entenderam que a relação acabou não por causa das traições, mas porque tinha que acabar. A relação já estava desgastada, o amor e o desejo não existiam mais… aliás, talvez tenha sido esse o motivo do “deslize” do marido.

Finalmente se separaram.  Perguntamos se neste caso valeu a pena perdoar e responderam: “claro que sim. Tivemos a chance de ver o que havia por traz da traição e perdoando um ao outro, crescemos muito espiritual e emocionalmente. Com isto, o casamento acabou, mas a amizade não”. A relação de amizade que existe entre eles foi fundamental para criarem a filha que tiveram juntos e que completou 19 anos.

No entanto, a maioria das mulheres com quem falamos não pensa da mesma forma, alegando firmemente que “jamais” perdoariam uma traição. Disseram acreditar que haveria sempre um “fantasma” a lhes rondar, que perderiam a confiança, etc.

Outras disseram que antes de serem traídas também tinham este discurso, mas perceberam que só é possível tomar uma atitude quando se vive a situação. Que “quando se ama verdadeiramente alguém com quem tenha construído uma vida, não é um erro que vai acabar com tudo”.

Algumas ainda alegaram que se separaram após a traição principalmente por pressão da família e dos amigos e que apesar de estarem bem com a atitude que tomaram, se pegam pensando se não deveriam ter tentado um pouco mais. “Sabe quando parece que algo acabou na metade? Então… hoje já o perdoei, quer dizer, entendo o que houve. Meu erro foi tornar aquilo um escândalo, sair de casa, fazer as pessoas tomarem partido. Quando a raiva passou eu percebi o que tinha feito, mas aí já tinha gente demais envolvida dizendo pra eu ter vergonha na cara e não voltar mais pra casa e não voltei. Mas me arrependo”.

Perdoar a traição não significa ter que voltar a viver junto ou reatar o namoro ou noivado. Perdoar é entender que houve um erro e que tem alguém na sua frente pedindo desculpas por ter cometido este erro. Vale a pena desculpá-lo? Claro que sim. Se devem ficar juntos? Aí é você quem sabe.

Talvez a traição seja apenas um indício que outras coisas não estejam bem nesta relação. Então avalie.

Espere a raiva passar, mesmo que demore dias. Você está se preparando para tomar uma decisão que mudará sua vida, então pra que se apavorar? Peça um tempo ao companheiro para pensar e pense mesmo. Que sentimentos os trouxe até aqui? Você ainda o ama ou está apenas com dor de cotovelo porque ele a traiu?

Você já perdoou alguém

Se achar que sua relação valha a pena então continue. Não tem problema se daqui a três meses ou um ano você achar que o melhor é se separarem. Pense que se conseguir fazer tudo com calma, quando e se isso acontecer, você vai olhar para trás e pensar: eu fiz tudo o que eu podia ter feito pelo meu casamento. Sem os “e se” que perturbam muitas mulheres.

E o mais importante: faça o que fizer, mas faça de verdade. Perdoe de coração; decida algo quando não tiver mais dúvidas; ame sem vergonha de ser feliz. A vida é sua e ninguém tem nada a ver com isso.

E você, já perdoou alguém?

ps: Por que as pessoas traem? Leia aqui.

Fonte: http://www.pastorantoniojunior.com.br/mensagens-evangelicas/como-perdoar-a-si-mesmo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook

Seja Uma Mulher De Sucesso

Produtos para bebês e crianças 70% mais barato?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×