Relacionamentos
Roupas Plus Size – Gordinha está na Moda

Roupas Plus Size – Gordinha está na Moda

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Se pensarmos que há alguns anos ninguém saberia dizer onde comprar roupas plus size, podemos perceber que realmente tivemos uma evolução no mundo da moda para as gordinhas no Brasil. Não sei se lembram, mas era um tempo em que “pessoas normais” sofriam tentando se adequar a uma realidade que vamos combinar: só existia mesmo na TV ou nas passarelas.

Mas o tempo passou e como cada vez mais buscamos a igualdade independente da aparência, vimos surgir vários movimentos, entre eles o de pessoas que talvez nunca tenham usado tamanho 38, mas que precisavam ser aceitas.  Foi aí que surgiu o Plus Size.

Roupas Plus Size

Antes desse movimento, só existiam criações em moda até o tamanho 42, no máximo. O Plus Size veio, portanto, para atender o público feminino que veste a partir do tamanho 44.  Mas lembrando de quando surgiu, o movimento pregava que vestia mulheres com manequins a partir do número 48. Um dilema, já que ainda hoje existem marcas que só oferecem tamanhos até o 42, ou seja, se a pessoa veste 44  ela já é considerada plus size apesar de ter um corpo dentro de padrões.

Roupas Plus Size

O movimento Plus Size surgiu quando algumas marcas perceberam esta brecha no mercado e deram início a produção de roupas tamanho GG, o que no início deixou muito a desejar em termos de moda, como se quem não usasse 38 não merecesse aparecer bem na foto.  Eram roupas em tamanhos grandes para homens e mulheres que continuavam sonhando com o vestidinho e a calça daquela vitrine bacana. Mas com o tempo os movimentos a favor da liberdade se intensificaram e com eles deu-se início a produção de moda mesmo.

Um mercado que nos Estados Unidos já foi estabelecido há anos, somente agora vem ganhando espaço no Brasil.

Moda Plus Size Feminino

Hoje, marcas como C&A, Riachuelo, Marisa entre outras já produzem e vendem modelos plus size, principalmente online. Segundo os especialistas de mercado, ainda existe uma resistência deste público em comparecer nas lojas para realizar suas compras. E neste sentido o mercado online veio acrescentar.

Muitas meninas ainda reclamam que a moda plus size é confundida com a moda gestante, escondida em algum canto da loja, às vezes, ocupando somente uma arara. “Mas isto está mudando!” Gritam as mais otimistas.

Para você ter uma ideia do crescimento deste segmento, foi apresentada este ano no shopping Frei Caneca em São Paulo, a 12ª edição do Fashion Weekend Plus Size, onde várias marcas desfilaram e venderam seus modelos  para a próxima estação.  Neste evento, as modelos plus size desfilaram a coleção verão 2016. Aproximadamente 13 marcas se apresentaram, fora as que não vieram preparadas para as passarelas, mas marcaram presença atendendo os clientes em seus stands.

Devo destacar dentre estas, a grife gaúcha Chica Bolacha, que segue um novo conceito: enquanto muitas marcas desenham roupas exclusivamente para as gordinhas, esta traz os modelos em todos os tamanhos. Quem visita sua loja pode encontrar os modelitos que vão do P ao 5X. Exceto, é claro, que tenham se esgotado, pois imaginem a rotatividade.  São modelos da moda de verdade, que toda jovem quer usar e não encontra: são cores e estampas variadas e modelos divertidos que fogem do preto com muita personalidade. Tudo para te deixar linda. Um verdadeiro sonho!

“O número do manequim não define estilo. Cada pessoa é única, com suas preferências, gostos e necessidades. A moda plus size deve ser mais divertida, mais alegre, mais ousada.” Afirma Thainá, uma das donas da marca.

Dá uma olhada nessa reflexão >>> Moda Plus Size para mulheres entre 20 e 34 anos

Modelos Plus size

E por falar em modelos, elas são um capítulo a parte nesta história. Mulheres exuberantemente maravilhosas que puderam desfilar sem medo ou preconceito seus belos corpões e fizeram disso uma carreira.

Bastou às empresas darem início a sua produção, que logo perceberam a necessidade de um corpo adequado para vender as roupas. E como mágica, passaram a ser vistas em catálogos, propagandas e até em capas de revistas.

A aparição destas meninas teve uma aceitação tão alta que em 2011 (veja que a pouco mais de 4 anos) aconteceu o primeiro concurso Miss Brasil Plus Size, criado pelo diretor Alberto Conde da Impacto Produções.  O concurso serviu, não só para coroar as meninas que vestiam tamanhos a partir de 44, mas também para lançá-las no mundo da moda. As modelos que surgiram nestes concursos, hoje brilham em campanhas para marcas dentro e fora do país. São nomes como Barbara Monteiro, ganhadora do primeiro concurso, seguida de  Aline Zattar, Isabelle Campestrini e  Denise Gimenez, representante de São Paulo deste ano, entre outras;

Miss Plus Size

Com certeza, eventos como este servem para trazer mais mulheres lindas para a mídia. É necessário vermos pessoas com padrões mais reais que se identifiquem de verdade com o público que as assiste.

Mas foi a exposição das gordinhas  famosas que impulsionou o movimento Plus Size e ainda hoje o representam muito bem. Estão sempre passando mensagens de incentivo, aceitação e autoestima. Com milhares de seguidoras, provam que já está na hora de aprendermos a admirar as pessoas pelo que realmente são.

Preta Gil foi uma das primeiras destas mulheres ditas “fora do padrão” a se expor. Com o lançamento de seu primeiro disco Prêt-à Porter, mais precisamente com a capa, chamou a atenção para uma mulher, digamos, mais real. Ela apareceu nua na capa, o que na época causou um burburinho, mas fez com que todos olhassem para esta mulher que representava, de fato, a brasileira que vemos por aí.

Seguida da sempre atual Gaby Amarantos que arrasa e já disse mais de uma vez, que a sua participação no programa Medida Certa na Rede Globo em nada teve haver com sua autoestima, e sim, com sua saúde.

Gaby Amarantos Medida Certa

Com o intuito de justamente aumentar a autoestima, as globais Cacau Protásio, Simone Gutierrez,  Fabiana Carla (que veio para provar que as gordinhas não são só engraçadas) e Mariana Xavier (que abriu o desfile para a marca Marialícia no FWPS deste ano), lançaram em 2014 a campanha #Gordelícia, onde postam fotos de biquínis para mostrar que não devemos ter vergonha de nossa forma.

“Nosso objetivo era levantar a bandeira da democratização da estética. Beleza é um conceito subjetivo, não tem cabimento tentarem nos espremer em padrões que violentam nosso biotipo e nossa alegria de viver.” Contou Mariana Xavier em entrevista à revista Donna.

Fora do país o movimento Plus Size também ganha força. Para provar, este ano, a mais famosa modelo Plus Size de todas, Tess Holliday de 29 anos, 1,65m de altura e 120 quilos, assinou contrato com a renomada agência MiLK Management, que afirmou ser a primeira vez que contrataram uma modelo com estas medidas.

E já que estamos falando em modelos e desfiles, que tal darmos uma olhadinha nos modelitos que vão esquentar este verão.

Moda Plus Size

Para sabermos o que vai estar nas vitrines, vamos olhar para o último desfile de moda deste segmento, o Fashion Weekend Plus Size verão 2016. Várias marcas como Arthur CalimanAttribute JeansBelle Plage, Chica BolachaCristina SenedaÊnfaseFor Love JeansLivia BellaMargueriteMarialiciaTamanhos NobresUpsy e Vislumbre Lingerie, desfilaram modelos que foram dos vestidos à moda praia, passando pelas lingeries e os jeans, não deixando de lado as famosas criações mamãe e filhinha e moda gestante.

Praticamente todas as marcas apresentaram modelos bem femininos desde os shorts, calças, os vestidos e saias que vieram com a cintura bem marcada, modelos evasês e cores fortes.  Tecidos com estampas divertidas, como guitarras, bolinhas, entre outros elementos que reverenciam o momento do rock dos anos 50, 60 e 70. Alguns muito coloridos ou em tons mais sóbrios como azul marinho e até branco (off write). Isso mesmo, em branco!

Foi ainda apresentada uma coleção de  vestidos plus size jeans das marcas Attribute, Marguerite e Ênfase. Em praticamente todas observamos, também, modelos estilo camisas nas partes de cima, mas com a cintura marcada e mangas para não deixar os braços à mostra (um incômodo para algumas).

Dá uma olhada >>> roupas plus size da divando!

Algumas marcas apostaram em modelos mais soltos, tecidos fluidos em estampas florais e longos sem deixar de ser sensuais. E claro que animal print também aparecerá na estação mais quente do ano, além de estampas geométricas e listras.

O estilista Arthur Caliman desfilou sua coleção de vestidos de festa e ficou claro que a cor quente para o verão será o vermelho. Na sua maioria, longos, com rendas e decotes generosos, a coleção procura valorizar o corpo da mulher e suas curvas. E por este motivo se chama Coleção Curvy. Cortes sereia vão deixar as mulheres ainda mais deslumbrantes.

Vestidos Plus Size

Já para o dia, os modelos vieram em variações de  curto e midi. Mas o que predominou foram as saias rodadas. Algumas coleções em malhas e outras apresentaram tecidos mais estruturados, algumas até em alfaiataria, como no caso da grife Cristina Sêneda, que desfilou modelos de dar água na boca de tão lindos. Peças fluidas em tons pasteis, muito bem costurados, prometem deixar a mulher ainda mais estilosa e sofisticada. Como podem ver, todos os gostos foram representados!

Moda Praia Plus Size

A moda praia foi arrasadora. Duas marcas trouxeram modelos deslumbrantes. A primeira, a marca Upsy de Belo Horizonte, apresentou modelos de duas peças e maiôs em estilos navy e pop-art que tiraram suspiros e deixaram as blogueiras da plateia de queixo caídos. Os modelos mais compridinhos lembram a moda praia dos anos 60. É muito estilo!

Moda Praia Plus Size

A segunda marca, Belle Plage, apresentou biquínis e maiôs plus size inspirados em Dubai, aliás, o nome da coleção que é claramente sofisticada e criada para mulheres do mesmo estilo.  Dá para perceber que foi toda pensada no corpo da mulher Plus Size sem necessidade de adaptações. Tanto os biquínis quanto os maiôs são estilosos em seus modelos e estampas. Me chamou atenção as calcinhas altas que super valorizam o corpo. Os tons são tão quentes quanto à cidade que inspirou a coleção. E o mais bacana, todos com saída de praia que não só combinam com as peças, mas as complementam.  Feita para a mulher que leva o estilo chic a sério até na hora do banho de mar.

É isso minha amiga, não é porque está acima do peso que deve ficar fora do mundo da moda. Inspire-se, valorize-se e seja feliz! Gostou? Compartilhe :)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook

Seja Uma Mulher De Sucesso

Produtos para bebês e crianças 70% mais barato?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×